Artista mais aclamado e respeitado da música latina, o espanhol Julio Iglesias faz apresentações no Brasil em sua turnê mundial de despedida dos palcos. Apaixonado pelo país, o cantor fará duas apresentações em São Paulo (Citibank Hall), nos dias 19 e 20 de setembro, e uma no Rio de Janeiro (Citibank Hall), dia 26 de setembro.

Com mais de 300 milhões de discos vendidos, 80 álbuns lançados e diversos prêmios internacionais recebidos, o detentor do recorde mundial do Guinness Book de artista latino mais vendido de todos os tempos interpreta os hits que já emocionaram mais de 60 milhões de espectadores em seus mais de 45 anos de carreira.

Osclientes dos cartões Citi e Diners contarão com pré-venda exclusiva entre 22 e 28 de julho. O público em geral poderá adquirir ingressos a partir de 29 de julho. A venda será realizada pela internet (www.ticketsforfun.com.br), na bilheteria do Citibank Hall em São Paulo e Rio de Janeiro, e nos pontos de venda espalhados pelo Brasil.

O álbum Julio Iglesias “1” foi lançado em 2011, incluindo regravações dos maiores sucessos da trajetória do cantor, e ultrapassou a marca de 1 milhão de cópias vendidas. O álbum foi certificado com Disco de Platina no Brasil e Diamante na Colômbia. Na Espanha, conquistou a primeira posição no iTunes imediatamente após o lançamento.

Em turnê de divulgação de “1” desde 2013, Julio já visitou países como Rússia, Ucrânia, Armênia, Emirados Árabes, Filipinas, Coreia do Sul, China, Cingapura, Taiwan, Guatemala, México, Holanda, Espanha, Portugal, Noruega, Israel, Jordânia, Letônia, Romênia, Indonésia e Japão. Até o final da turnê, terá levado sua música a todos os continentes.

* 300 milhões de álbuns

Julio Iglesias já vendeu mais de 300 milhões de cópias dos seus 80 álbuns lançados no mundo, incluindo versões originais em diversas línguas, compilações e discos ao vivo, o que faz dele o artista de língua espanhola que mais vendeu em toda história.

Como já reconhecido pelo Guinness Book (o Livro dos Recordes) em 1983, que o premiou com um Disco de Diamante nunca antes concedido pela instituição, ele é o artista que cantou e gravou em mais idiomas na história da música.

* 60 milhões de espectadores e premiações
Ao longo dos mais de 45 anos de carreira, Julio Iglesias recebeu 2.600 Discos de Platina e Ouro; e superou a marca dos cinco mil shows realizados, em 600 cidades do mundo, apresentando-se para mais de 60 milhões de pessoas.

Já fez duetos com artistas renomados, como Frank Sinatra, Stevie Wonder, Willie Nelson, Diana Ross, Dolly Parton, Art Gurfunkel, Paul Anka, Charles Aznavour, Plácido Domingo, Sting, The Beach Boys, Nana Mouskouri, Mireille Mathieu, Dalida, Lola Flores, Pedro Vargas, Alejandro Fernández, José Luis Rodríguez e Wei Wei. Com artistas brasileiros, fez parcerias com Zezé di Camargo e Luciano, Daniel, Simone e Roberto Carlos.

O cantor coleciona prêmios e homenagens em todo planeta, incluindo um Grammy Award de Melhor Interpretação de Artista Latino Pop, recebido em 1988, pelo álbum Un Hombre Solo.  Um ano depois, conquistou sua estrela na Calçada da Fama de Hollywood.

Ele também é detentor de um American Music Award e do prestigiado ASCAP Pied Piper Award, o prêmio mais alto da American Society of Composers, Authors and Publishers. O prêmio também já foi concedido a Frank Sinatra, Ella Fitzgerald e Barbra Streisand.

Em 1989, foi nomeado pela UNICEF Embaixador Especial para as Artes. Em 2007, Iglesias foi condecorado como Cavaleiro da Legião de Honra na França e, em 2010, recebeu a Medalha de Ouro de Mérito nas Belas Artes na Espanha.

Em dezembro de 2011, o cantor recebeu dois prêmios históricos da gravadora Sony Music: o de Artista Latino que mais Vendeu na História (mais de 300 milhões de álbuns) e de Artista mais Vendido na Espanha (23 milhões de álbuns). Os prêmios foram entregues pelo tenista Rafael Nadal em uma cerimônia emocionante realizada no Instituto Cervantes de Madri.

Em 2012, Julio recebeu Medalha de Ouro da Comunidade de Madri, cidade em que nasceu. “1” ultrapassou a marca de 1milhão de cópias vendidas.

Em abril de 2013, foram concedidos a ele mais dois prêmios históricos em Pequim: Primeiro e Mais Popular Artista Internacional de Todos os Tempos na China, entregue pelo mundialmente renomado pianista chinês Lang Lang, e o recorde no Guinness World Records por ser o Artista Masculino Latino Mais Vendido na História.

Julio foi um dos cinco primeiros artistas a entrar para o Hall da Fama dos Compositores Latinos, inaugurado em Miami em abril de 2013. Na ocasião, ele recebeu o prêmio La Musa.

* Turnê mundial de Julio Iglesias “1”

Julio voltou ao México em maio de 2013, com a turnê de divulgação do álbum “1”, apresentando-se para mais de 12 mil mulheres na cidade de Tepic, em um show com entrada gratuita, organizado pelo governo local em comemoração ao Dia das Mães. Na Cidade do México, fez show para mais de 10 mil pessoas no Auditório Nacional. O cantor ficou muito emocionado e agradecido ao público do país, já que os ingressos esgotaram e uma nova data foi anunciada no mesmo local.

Entre junho e agosto de 2013, Julio fez apresentações pela Espanha, Portugal, Letônia e Israel. Em outubro, vendeu todos os ingressos nos dois shows realizados em Bucareste (Romênia). No mesmo país, cerca de 30 mil pessoas prestigiaram sua performance em Tîrgu Mures (província da Transilvânia). As autoridades locais homenagearam o cantor com a Medalha de Ouro das Artes na Transilvânia. Em dezembro, Julio retornou à Ásia, onde havia se apresentado em abril, fazendo shows na Indonésia, Hong Kong e Japão.

Em maio deste ano, Julio Iglesias foi surpreendido com um prêmio especial da Sony Music para celebrar seu status de Artista Latino Mais Bem Sucedido de Todos os Tempos. O evento foi realizado em Londres, seguido de uma coletiva de imprensa que contou com a presença da mídia do mundo inteiro.  No mesmo mês, Julio retornou ao Royal Albert Hall de Londres, após 10 anos, para sua 7ª performance no local. Meses antes do show, os ingressos já estavam esgotados e uma segunda data foi anunciada.